domingo, 30 de março de 2008

Quando é difícil aprender.


Um dos problemas que mais está ocorrendo atualmente está relacionado às dificuldades de aprendizagem.
Professores se deparam com crianças e jovens que não estão atingindo os objetivos propostos. Estão com dificuldades em aprender, por mais que os métodos sejam diferenciados.
Os pais, quando comunicados, iniciam a busca por psicólogos, psicopedagogos, neurologistas, pedagogos na tentativa de salvar o ano letivo.
Pais que oferecem “tudo” para o filho, uma escola particular, aulas de inglês, natação, academia de ginástica, aquele tênis da moda, celular, MP3 e por aí vai.
Como entender então as notas baixas?
Precisamos então refletir na palavra “tudo”.
Será que o que estamos dando é o “tudo” que de fato nosso filho quer de nós?
Aí vem aquela famosa desculpa: “mas eu trabalho tanto para dar o melhor, não tenho muito tempo disponível”.
Entra aí a qualidade e não a quantidade.
Procuro orientar os pais a respeito da parceria que deve existir entre escola e família. Quando ela ocorre, muitas das dificuldades são descobertas no início, pois ninguém melhor do que o professor para auxiliar os pais nesta missão. Confie nos professores que estão com seu filho, afinal, eles passam muito tempo com ele. Pergunte, esclareça suas dúvidas, questione a melhor maneira de estar auxiliando seu filho nas tarefas.E quanto ao seu filho, saiba quem são seus melhores amigos, como foi a escola, se está precisando de ajuda em alguma coisa. Você vai se surpreender com os resultados dos próximos boletins.
Espaço Educativo Vivendo e Aprendendo
Leila,Rose,Ruth e Vera - psicopedagoga-clínica,